Artigos

A alegria de anunciar o Evangelho

“Os discípulos alegraram-se por ver o Senhor” (Jo 20,20b)

Irmãos e Irmãs!

A Igreja de Jesus é por vocação missionária, esta é sua tarefa primeira. Ela deve estar sempre disposta a partir, para que a mensagem que anuncia, por iniciativa de Deus, chegue aos confins da terra e “todas as nações se tornem discípulas” (Mt 28,19). Ir ao encontro da humanidade sabendo que o dom do Senhor que anuncia  irá frutificar, é sua maior alegria. Ao missionário fiel, paciencioso e ardoroso importa que ofereça sua vida, sabendo que a obra é do Pai que o enviou, assim como enviou outrora os primeiros discípulos.

A cooperação missionária na busca de um mundo mais humano, justo e solidário, onde homens e mulheres vivam a dignidade de filhos e filhas de Deus, ganha sempre mais legitimidade, sobretudo a partir do pontificado do Papa Francisco que, em sua mensagem para este ano de 2018 com o tema “Juntamente com os jovens, levemos o Evangelho a todos”, os convoca para o seguimento de Jesus Cristo e a adesão à sua vocação… Muitos jovens, diz o Papa, “encontram no voluntariado missionário uma forma para servir os ´mais pequenos´ (cf. Mt 25,40), promovendo a dignidade humana e testemunhando a alegria de amar e ser cristão. Estas experiências eclesiais fazem com que a formação de cada um não seja apenas preparação para o seu bom êxito profissional, mas desenvolva um dom do Senhor para melhor servir aos outros. Estas louváveis formas de serviço missionário contemporâneo são um começo fecundo e, no discernimento vocacional, podem vos ajudar a decidir pelo dom de vós mesmos como missionários” (Mensagem do Papa Francisco para o 92º dia mundial das missões de 2018).

O mês missionário deste ano se reveste de particular significado. Trata-se da realização do Sínodo dos Bispos dedicado aos jovens, que acontecerá em Roma de 03 a 08 de outubro, com o tema: “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. O Papa crê que os jovens, formados na escola de Jesus e apaixonados por ele, se apresentam como potencial para o presente e o futuro da Igreja como discípulos missionários, pelo “contágio” do amor, alegria e entusiasmo na busca do sentido da vida. São eles que, com o coração aberto e dilatado pelo amor, atrairão muitos outros jovens a Cristo. Apoiamos e agradecemos o Papa pela convocação de um Sínodo para os jovens nesta hora desafiadora, mas, de muita esperança que se avizinha para a humanidade e para a Igreja. A Igreja precisa dos jovens como corresponsáveis na missão; é o que pede ainda a igreja no Brasil com o Ano dedicado aos leigos e leigas.

Nossa Diocese de Bragança Paulista alegra-se sobremaneira com a convocação feita pela secretaria geral do Sínodo, para um de seus jovens integrar tão nobre assembleia, com tantos outros jovens de várias partes do mundo. Trata-se de Lucas Galhardo, jovem que integra o movimento dos jovens de Schoenstatt, da Paróquia de Santo Antonio em Caieiras.

Sob o olhar e a proteção de Maria, mãe e mestra, missionária do filho Jesus, em comunhão e em oração por tão importante acontecimento, peçamos a graça de Anunciar Jesus Cristo.

 

Dom Sérgio Aparecido Colombo

Bispo Diocesano

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

Palavra do Presidente

Facebook

Assine nossa newsletter