300 agentes de pastorais da Diocese de Santos reúnem-se em Assembleia Diocesana

20171111_084814_reduzida

No dia 11 de novembro, cerca de 300 agentes de pastorais, padres, diáconos, seminaristas, religiosos, membros de Novas Comunidades que atuam nas 48 paróquias que fazem parte da Diocese de Santos (nove cidades da Região Metropolitana da Baixada Santista, Litoral de S. Paulo) estiveram reunidos com o Bispo Diocesano D. Tarcísio Scaramussa,SDB, para a realização da 16ª Assembleia Diocesana de Pastoral. A Assembleia foi realizada no Liceu Santista, em Santos, e teve como tema “Cristãos leigos e Leigas na perspectiva da missão”, apresentado pelo psicólogo Antonio Evangelista, Assessor da CNBB.

A Assembleia Diocesana de Pastoral fez uma avaliação das Assembleias paroquiais de Pastoral (que foram realizadas nos meses de agosto a outubro) em todas as paróquias, em que foram avaliadas também o Plano Diocesano de Evangelização 2016-2019, instrumento que norteia os trabalhos pastorais das comunidades católicas na Baixada Santista. O Plano Diocesano de Evangelização traz cinco Programas de Ação (e que respondem às “urgências da ação evangelizadora da Igreja no Brasil”), com diversos projetos para cada Programa, procurando abranger os diversos aspectos da vida das comunidades: o trabalho missionário, as celebrações comunitárias, a formação dos agentes de pastoral, a vida interna das comunidades, o relacionamento dos leigos com outras instâncias da sociedade (poder público, universidades, igrejas, associações de bairros etc) e o serviço pastoral aos diferentes públicos (jovens, idosos, famílias, crianças, trabalhadores em geral), sobretudo aos mais pobres e necessitados.

ANO DO LEIGOS E LEIGAS

O tema da Assembleia é uma preparação para o Ano Nacional do Laicato, que terá início no dia 26 de novembro de 2017, na Festa de Cristo Rei, e se estende por todo o ano de 2018.  O ano do Laicato tem como Objetivo geral: Como Igreja, Povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade. E como Objetivos específicos:

– Comemorar os 30 anos do Sínodo sobre os Leigos (1987) e os 30 anos da publicação da Exortação Apostólica Christifideles Laici, de São João Paulo II, sobre a vocação e missão dos leigos na Igreja e no mundo (1988);

– Dinamizar o estudo e a prática do Documento 105 da CNBB: ‘Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade’ e demais documentos do Magistério, em especial do Papa Francisco, sobre o Laicato;

– Estimular a presença e a atuação dos cristãos leigos e leigas, ‘verdadeiros sujeitos eclesiais’ (DAp, n. 497a), como “sal, luz e fermento” na Igreja e na Sociedade.

Categoria: Notícias