Assembleia Regional dos Bispos é encerrada nesta quinta-feira

DSC01856

Assembleia é encerrada em Aparecida com escolha do tema da Assembleia das Igrejas

A escolha do tema da Assembleia das Igrejas Particulares, foi um dos resultados da 80ª Assembleia Regional dos Bispos, realizada em Aparecida, SP, no auditório Santo Afonso do Hotel Rainha do Brasil, entre os dias 06 a 08 de junho. O evento foi promovido pelo Regional Sul 1 da CNBB e reuniu bispos, padres coordenadores diocesanos de pastoral de todo o estado de São Paulo e representantes dos Organismos para debater sobre o tema “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade: Sal da terra e luz do mundo”; o ano do laicato de 2018; a recepção e as implicações para as dioceses do Regional Sul 1”.

Segundo as propostas levantadas durante esta assembleia, a temática da Assembleia das Igrejas se fará em torno do próprio Ano do Laicato à luz do documento 105 “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade: Sal da terra e luz do mundo”. O evento que será realizado nos dias 20 a 22 de outubro próximo em Itaici, SP, e deverá reunir leigos e leigas que atuam nas Igrejas locais, ou seja das Dioceses. Segundo o Estatuto do Regional, a Assembleia das Igrejas Particulares é orgão que expressa a comunhão, a participação e a missão das Dioceses deste Regional.

Dom Pedro Cipollini, bispo diocesano de Santo André, SP, fez a apresentação sobre o tema principal da 80ª. Assembleia Regional dos Bispos. A segunda palestra foi proferida por Laudelino Augusto dos Santos Azevedo, membro do Setor Leigo da Comissão Episcopal do Laicato da CNBB.

Na quarta, 07, o secretário da Secretaria de Estado da Educação, José Renato Nalini, fez uma conferência intitulada Os leigos na educação.

Outra conferência interessante foi, do Deputado Estadual Reinaldo de Souza Alguz que desenvolveu o tema dos Cristãos leigos no mundo da política partidária. Reinaldo de Souza destacou seu inicio da vida eclesial, sua inserção no conselho diocesano de pastoral, em que sua história de comprometimento evangelizador começou com a Campanha da Fraternidade de 1996, com o tema: Justiça e Paz se Abraçarão.  Segundo ele, a partir desta Campanha, surge alguns questionamentos sobre o protagonismo dos leigos na sociedade. A questão que norteava era: a sociedade está sendo evangelizada? Como podemos contribuir para seu progresso. Desta reflexão, parte para ação e organiza o Instituto Liberdade e Comunidade para desenvolver dois projetos: 1) Sementes para vida nova, que consiste na organização e pregação de retiros dentro da espiritualidade do Movimento da Renovação Carismática Católica; 2) LIBCOM – Escola de Formação de Líderes. Site: www.libcom.org.br

Partindo das exposições e debates, levando em conta a realidade pastoral de cada diocese, os participantes reuniram-se em grupos e apresentaram as propostas  de tema, metodologia e encaminhamentos da Assembleia das Igrejas.

O último dia da Assembleia também iniciou-se com a Celebração Eucarística, presidia pelo arcebispo de Campinas e Presidente do Regional Sul 1 da CNBB, Dom Airton José dos Santos.

Em conversa com a nossa equipe, o arcebispo de Sorocaba e secretário geral do Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Julio Endi Akamine, fez um balanço sobre os três dias de programação. Ouça:

Veja mais fotos da 80ª. Assembleia aqui!

Categoria: Notícias