Arquidioceses e Dioceses Destaques

Diocese de Jundiaí ganha Instituto de Filosofia e Tribunal Eclesiástico

Após a celebração, os presentes participaram da cerimônia de descerramento da placa que marca a abertura do Tribunal seguida de bênção das dependências físicas

Com 2019 ainda no início, a Diocese de Jundiaí já viveu dois momentos históricos: a instalação do Instituto de Filosofia e do Tribunal Eclesiástico.

O Instituto Diocesano de Filosofia “Pe. Eugênio Inverardi” foi instalado pelo Bispo Diocesano, Dom Vicente Costa, no dia 27 de fevereiro, durante missa celebrada na capela do Seminário Diocesano Nossa Senhora do Desterro. Na ocasião, foram lidos e assinados o decreto e ata de instalação e feito o juramento de fidelidade por parte dos professores.

Ao final da missa, todos seguiram em procissão até a sala onde acontecem as aulas, para a bênção e entronização do quadro do patrono, Pe. Eugênio Inverardi, sacerdote que lecionou no Seminário Diocesano, quando de sua fundação, em 1980. Por fim, o Professor Dr. Daner Hornich, que também faz parte do corpo docente do Instituto Filosófico, ministrou a aula magna sobre a importância da filosofia.

Inauguração do Instituto

A criação do Instituto foi idealizada por Dom Vicente Costa e aprovada pelo Conselho Presbiteral, com o propósito de conferir excelência à formação intelectual do futuro clero da Diocese de Jundiaí, uma vez que, a graduação em Filosofia, feita antes da Teologia, é uma das etapas da preparação dos seminaristas, conforme previsto nos documentos eclesiais.

Já a instalação do Tribunal Eclesiástico aconteceu no dia 1º de março durante missa celebrada na Capela Cristo Rei, da Cúria Diocesana, sendo presidida por Dom Vicente Costa, concelebrada por presbíteros diocesanos e religiosos, na presença de diáconos, leigos e leigas convidados e autoridades civis.

Dom Vicente com os padres, diáconos e leigos que trabalharão como Juízes, Auditores, Notários, Chanceler e Recepcionistas posaram para foto oficial

Durante a celebração, o Vigário Judicial que estará à frente do Tribunal Diocesano, Pe. Márcio Odair Ramos, assim como padres, diáconos e leigos que trabalharão como Juízes, Auditores, Notários, Chanceler e Recepcionistas fizeram a profissão de fé e o juramento de fidelidade para o exercício das respectivas funções.

Em suas palavras, Dom Vicente deu Graças a Deus por este acontecimento histórico na Diocese de Jundiaí, agradecendo a colaboração de todos os que trabalharam para que o Tribunal da Diocese de Jundiaí fosse criado e pediu que aqueles que procurarem tal atendimento sejam recebidos com amor e misericórdia.

Após a celebração, os presentes participaram da cerimônia de descerramento da placa que marca a abertura do Tribunal seguida de bênção das dependências físicas.

O Tribunal Eclesiástico da Diocese de Jundiaí conta com sede no Edifício Cristo Rei, prédio da Cúria Diocesana, e uma Câmara Eclesiástica, na cidade de Itu, nas dependências da Paróquia São Judas Tadeu.

Com informações do Setor de Comunicação da diocese de Jundiaí

Palavra do Presidente

Facebook

Assine nossa newsletter