Diocese de Lins celebra o Jubileu de Ouro de Dom Irineu Danelon

foto14_reduzida

A Catedral Diocesana de Santo Antônio de Pádua  ficou repleta de fiéis para a celebração do Jubileu de 50 anos da ordenação sacerdotal de Dom Irineu Danelon, bispo emérito de Lins no último sábado dia 16.

A celebração eucarística contou com a presença de grande parte do presbitério da diocese de Lins de outras dioceses da província e religiosos, ainda contando com uma representatividade grande das 43 paróquias de nossa diocese e também da diocese de Araçatuba, que por muito tempo fez parte territorial da mesma, além de diversas autoridades civis.

A concelebração eucarística  foi presidida pelo bispo diocesano Dom Francisco Carlos da Silva, sendo concelebrantes principais o arcebispo de Passo Fundo (RS), Dom Antônio Carlos Altieri e o bispo diocesano de Jaboticabal (SP), Dom Eduardo Pinheiro, ambos salesianos de Dom Bosco.

Em sua homilia o Arcebispo  Emérito de Passo Fundo, Dom Antônio Carlos lembrou da infância, juventude e trajetória vocacional de Dom Irineu na família salesiana, bem como de inúmeras participações na trajetória da igreja no Brasil e seu grande protagonismo em favor da juventude e dos mais necessitados. Ao final da concelebração eucarística, Dom Irineu Danelon proferiu suas palavras de gratidão e alegria pelos 50 anos de caminhada e graças por meio de seu profícuo ministério sacerdotal .Dom Eduardo em suas palavras  ao homenageado, lembrou os quase 200 sacerdotes ordenados  ao longo dos seus 50 anos de sacerdócio e 29 anos de ministério episcopal. Nas palavras de Dom Eduardo Pinheiro, lembrar –se disso não é sinal de vangloria, mas sentido de reconhecimento e missão cumprida ao longo dessa bela trajetória.

A Diocese de Lins, muito se alegra por participar dessa belíssima história de doação total e amor profundo testemunhado por Dom Irineu. Como nos fala seu lema episcopal ” A caridade jamais passará” e com certeza sua vida nos ensinou e ainda nos ensina isso.

Deste meio século de vida sacerdotal, Dom Irineu esteve à frente da Diocese de Lins por 27 anos, de 1988 a 2015 quando completou 75 anos e se tornou bispo emérito, mas retornou, no ano passado, para sua cidade natal, Piracicaba.  Entre tantas atividades uma de suas maiores ações como bispo foi a criação da Pastoral da Sobriedade.

foto13_reduzida

foto6_reduzida

Texto: Pastoral Diocesana de Comunicação. Foto: Danilo Balzan

Categoria: Notícias