Destaques Igreja no Brasil

Dom Cipollini é reeleito presidente da Comissão Episcopal para a Doutrina da Fé

Foi reeleito nesta quarta-feira, 8 de maio, como presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Pedro Carlos Cipollini, bispo de Santo André (SP). Eleito em segundo escrutínio, ele permanece a frente da Comissão por mais um quadriênio.

Ao ser perguntado pelo presidente da CNBB, cardeal Sergio da Rocha, se aceita a reeleição, ele disse: “Como sempre é melhor a renovação. Para mim será um pouco exigente. Vejo na decisão dos irmãos a vontade de Deus. Aceito e peço que rezem por mim”.

Biografia

Nascido no dia 04 de maio de 1952, na cidade paulista de Caconde, dom Cipollini cursou Filosofia na Faculdades Associadas do Ipiranga, hoje UNIFAI, em São Paulo. Também estudou Pedagogia obtendo a licenciatura em Filosofia e Pedagogia. Fez o curso de Teologia, na Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, da arquidiocese de São Paulo, obtendo o bacharelado em Teologia.

Foi ordenado diácono na Catedral da Imaculada Conceição em Franca (SP), em 07 de setembro de 1977, e presbítero na mesma Catedral, no dia 25 de fevereiro de 1978, pelo bispo de Franca, dom Diógenes Silva Matthes, hoje emérito. De 1984 a 1985 cursou pós-graduação em Teologia, na Faculdade Pontifícia Nossa Senhora da Assunção, em São Paulo, obtendo o Mestrado em Teologia, após defender tese em Teologia Dogmática. Frequentou o Curso de Extensão Universitária sobre o novo Código de Direito Canônico, no Instituto de Teologia Salesiano Pio IX, em julho de 1983.

Cursou o doutorado em Teologia na Itália, residindo em Roma, no Colégio Pio Brasileiro de 1990 a 1992. Estudou na Universidade Gregoriana, onde defendeu tese de doutorado em Eclesiologia, conseguindo a laurea (magna cum laude). Em 1996, fez parte da Comissão Central do “Projeto de Evangelização Rumo ao Novo Milênio”.

Dom Cipollini foi eleito bispo de Amparo (SP) pelo papa Bento XVI, em 14 de julho de 2010, e ordenado bispo na Catedral de Campinas no dia 12 de outubro de 2010. Sua posse aconteceu no dia 24 de outubro de 2010 na diocese de Amparo. Foi nomeado membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé, da CNBB, para o mandato de 2011 a 2014.

Na Assembleia Geral da CNBB de 2015, foi eleito presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé, para os anos de 2015 a 2019. No dia 27 de maio de 2015 foi eleito bispo de Santo André (SP) pelo papa Francisco em substituição a dom Nelson Westrupp, que teve sua renúncia aceita por limite de idade. O lema episcopal de dom Cipollini é “IN NOMINE IESU”, que significa “em nome de Jesus”.

Com informações da CNBB

Palavra do Presidente

Facebook

Assine nossa newsletter