Notícias

Dom David Dias Pimentel celebra 13 anos como Bispo na Diocese de São João da Boa Vista

1959327_802771996418977_1731676495_n_resoluçãoO Bispo Diocesano, Dom David Dias Pimentel (foto), comemora, nesta terça-feira, 13 anos de Ministério Episcopal.  Ele foi nomeado bispo da Diocese de São João da Boa Vista (SP) em 07 de fevereiro de 2001. A posse aconteceu na Solenidade da Anunciação do Senhor, em 25 de março de 2001, em uma celebração Eucarística presidida no Centro de Integração Comunitária, onde estiveram presentes várias autoridades, eclesiásticas e civis, e um grande número do Povo de Deus vindo das Paróquias da Diocese.

Dom David Dias Pimentel é de nacionalidade portuguesa, nascido em São Miguel, no Arquipélago de Açores, Portugal, no dia 18 de março de 1941. Filho do casal João Dias Pimentel e Arminda de Jesus Costa, é o caçula de dez irmãos. Fez os estudos primários na terra natal e aos treze anos entrou no Seminário da Consolata, em Fátima, Portugal, onde fez o Curso Ginasial. Em 1960, veio com a família para o Brasil e em Botucatu fez o colegial.

Em 1963 iniciou a Filosofia no seminário Central do Ipiranga e em 1965, a Teologia, na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma. Foi ordenado Sacerdote, no dia 21 de dezembro de 1969, em São José do Rio Preto, onde trabalhou durante dezesseis anos, ocupando diversos cargos diocesanos, como Reitor do Seminário, Pároco em Nhandeara, São José do Rio Preto, Cedral e Monte Aprazível, Coordenador Diocesano de Pastoral, professor do seminário e membro do conselho de presbíteros.

Em 1986, transferido para Guarulhos trabalhou durante oito anos nesta Diocese como Pároco do Jardim Munhoz e da Catedral Nossa Senhora da Conceição, fazendo parte da Coordenação de Pastoral e do Conselho de Presbíteros. Em 1991, durante o período sede vacante, foi Administrador Diocesano e depois vigário Geral da Diocese.

No início de 1995, voltou à Diocese de Rio Preto, para ocupar o cargo de Reitor e Professor do seminário Maior Sagrado Coração de Jesus e no dia 11 de dezembro de 1996 foi nomeado pelo Santo Padre João Paulo II, Bispo Auxiliar de Belo Horizonte.

No dia 31 de Janeiro de 1997, recebeu a Ordenação Episcopal, em São José do Rio Preto, tendo como sagrante Dom Serafim Fernandes de Araújo, Arcebispo de Belo Horizonte e co-sagrantes, Dom José de Aquino Pereira, Bispo de Rio Preto e Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, Bispo de Guarulhos.

O anúncio de sua nomeação como bispo de São João da Boa Vista foi feito no dia 07 de fevereiro de 2001. Sua posse como Bispo de São João realizou-se na Solenidade da Anunciação do Senhor, em 25 de março, em uma Concelebração Eucarística presidida no Centro de Integração Comunitária, onde estiveram presentes várias autoridades, eclesiásticas e civis, e um grande número do Povo de Deus vindo das Paróquias da Diocese.

O lema dele é “Ministrare, Non Ministrari” (Servir, não ser servido) que resume sua vida pastoral “O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Mt. 20,28).

Em nota, A Diocese de São João da Boa Vista (SP), agradece todos os dias de sua vida dedicados ao reino e suas ovelhas. Peçamos a Deus que lhe dê forças para continuar a caminhada.

 

Tags

Palavra do Presidente

Facebook

Assine nossa newsletter