Pastoral da Criança realiza encontro na diocese de Santo Amaro

pastoral da criança2

A Pastoral da Criança da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) do Regional Sul 1, estará sediando o Encontro da Região Sudeste, na diocese de Santo Amaro (SP).

O evento começa amanhã, dia 27 de julho na diocese de Santo Amaro, e termina no próximo dia 30 e reunirá representantes dos Regionais Leste 1 (Rio de Janeiro), Leste 2 (Minas Gerais e Espírito Santo), Sul 1 (São Paulo).

Os Encontros Regionais da Pastoral da Criança reúnem coordenadores da instituição em nível estadual, regional e diocesano, além de uma equipe da coordenação nacional. São quatro dias para aprender novidades, esclarecer dúvidas, compartilhar experiências e refletir sobre a continuidade do trabalho. De 27 a 30 de julho, será a vez de integrantes da A ação do Acompanhamento Nutricional, desenvolvimento infantil, missão das coordenações, questões financeiras e o novo aplicativo Visita Domiciliar (que está em desenvolvimento) estão entre os temas abordados nestes dias, em cinco oficinas.

“No Ano Nacional Mariano, a Região Sudeste celebra a festa da Rainha e Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. Peregrinar sempre foi contagiante. Basta observar o alarido dos que vão e dos que chegam. Os abraços e as conversas longas e animadas denotam o profundo sentimento de quem peregrina. O Encontro Regional  também  tem este gostinho de encontros, boas conversas, trocas de experiências e muita animação e oração”, afirma Ir. Veneranda Alencar, coordenadora nacional da Pastoral da Criança.

“A missão da Pastoral da Criança também é fazer o que Jesus fez, ir ao encontro dos que mais precisam, levando amor e fé a serviço da vida e da esperança. Somos todos chamados a partilhar dons e conhecimentos, ou seja multiplicar os nossos saberes”, destaca Ir. Veneranda.

Atualmente, as equipes da Pastoral da Criança dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo acompanham 248.039 crianças, 13.578 gestantes e 209.376 famílias, em 7.531 comunidades de 980 municípios. São mais de 48 mil voluntários envolvidos nesta causa, sendo mais de 26 mil líderes (voluntários que atuam fazendo visitas domiciliares às famílias).

pastoral da criançaEntre os participantes do Encontro, encontra-se a coordenadora estadual Eunice Gomes Rodrigues (na foto, primeira à esquerda), que atualmente acompanha a Pastoral da Criança no Regional Sul 1 da CNBB. Antes do encontro, a coordenadora concedeu uma entrevista por e-mail ao site do Regional Sul 1, na qual falou sobre o evento. Confira a entrevista concedida:

Quem participa deste encontro?

Eunice- Deste encontro devem participar quatro estados da região sudeste: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Todos os coordenadores diocesanos, de sub-região e estaduais, com a coordenadora Nacional Irma Veneranda Alencar, coordenador nacional adjunto Dr Nelson Arns e equipe técnica da coordenação nacional. Um total de aproximadamente 130 pessoas

Qual a expectativa para a realização do Encontro Regional da Pastoral da Criança?

 Eunice  – Este encontro é muito aguardado, pois, além de ser um grande encontro de irmãos, recebemos formação contínua, avaliamos a caminhada, aprofundamos nossa espiritualidade

Qual o objetivo deste encontro?

Eunice – Fortalecimento da missão, atualização, redirecionamento das orientações, conhecimento de novos conteúdos. Também apresentar as mudanças do Regimento Interno, como também, talvez a apresentação de novas ferramentas para auxiliar no nosso trabalho pastoral.

Qual a pauta deste evento?

Eunice –  O tema deste encontro será Sal da Terra e Luz do Mundo. Teremos também alguns temas em plenária, como: Novas perspectivas para o Guia do Líder 2015;Articulação Sistema de Saúde; Marco Legal da Primeira Infância; Fortalecimento da Missão. E no dia 28, às 9h, o fortalecimento da Missão será por conta do arcebispo de São Paulo, o cardeal Dom Odilo Pedro Scherer.

De que forma o tema deste encontro influenciará no futuro da Pastoral da Criança?

Eunice – Como Igreja, seguimos as orientações da CNBB e estudaremos o Doc. 105. Este tema nos conduzira por todo este ano. Como agentes de uma pastoral missionária, através de uma análise de dados, vamos nos preparar para um novo método de serviço. Este ano todos os agentes desta pastoral deverão passar por uma reciclagem, para atualizar o Novo Guia do Líder. Como  o desafio hoje é o combate a obesidade infantil, sendo este um dos objetivos do milênio, a Pastoral da Criança passa a trabalhar com o calculo do Índice de Massa Corpórea com as crianças acompanhadas, orientando as mães de como uma alimentação influencia a saúde, suscitando nas famílias a necessidade de mudança de hábitos alimentares. Nosso foco é envolver as famílias, tornando-as mais conscientes de seu papel de agentes de transformação. Além de sermos uma Pastoral Social, somos uma das poucas que ”vai ao encontro” do outro, e isto nos torna, muitas vezes, pioneiros. Primeiro chegam os lideres da Pastoral da Criança, depois surge uma comunidade. Isso nos faz mais responsáveis ainda pela evangelização. Através de nossas ações, podemos mostrar a tantos o amor de Deus.

Atuação da Pastoral da CriançaA Pastoral da Criança é uma entidade social criada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB-, ligada à Comissão Episcopal para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz. Ela exercita práticas referentes à saúde, à alimentação, à educação, à cidadania e à espiritualidade da faixa infantil que compõe os grupos mais miseráveis.

Categoria: Notícias